Exercícios físicos combatem a H1N1



Proteja-se da doença por meio de outra medida preventiva: atividade física.

Enquanto você não toma a vacina contra influenza H1N1, proteja-se da doença por meio de outra medida preventiva: atividade física.

Realizar exercícios físicos ajuda a fortalecer o sistema imunológico e deixa o organismo mais bem preparado para enfrentar os vírus sazonais.

O médico infectologista Alexandre Naime Barbosa, membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e professor da Unesp Botucatu, afirma que atividades moderadas são benéficas para o sistema imunológico. Correr na esteira, na bike ou treinar, por exemplo, pelo menos de quatro a cinco vezes por semana, com o acompanhamento de um profissional, irá deixar seu corpo mais resistente.

Já quem participa de provas mais extenuantes, que exigem mais dos limites do corpo, como maratonas e ultramaratonas, desgasta o sistema imunológico e fica mais suscetível às doenças.

Transmissão e prevenção

O H1N1 é transmitido por meio de secreções respiratórias, principalmente por meio da tosse ou espirro. E os sintomas podem iniciar de um a quatro dias após o contato.

Para evitar esta e outras doenças respiratórias, o Ministério da Saúde recomenda:

  • Frequente higienização com água e sabão ou álcool em gel. Principalmente após tossir, espirrar e antes de consumir alimentos.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
  • Manter os ambientes bem ventilados.
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.
  • Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados).
  • Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.
  • Orientar o afastamento temporário (trabalho, escola etc.) até 24 horas após cessar a febre.

Sintomas

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os sintomas da influenza são febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta, e pelo menos um desses sintomas: dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações ou dificuldade respiratória.

Vacinação

A vacina já está disponível nas redes pública e privada de saúde e, de acordo com o doutor Alexandre, não há nenhuma restrição para a prática de atividade física após a vacinação.

Então, depois da vacina, o treino está liberado. Nada de fugir, hein!

Fonte



Publicado em: 03/05/2016 07:00:00






Entre em contato agora

Aproveite todas as vantagens que só a Equilibrium tem para oferecer para sua saúde!
Agende uma visita agora e surpreenda-se!